quarta-feira, 2 de março de 2011

Casais se formam através de 140 caracteres

   Nesses nossos tempos modernos tudo está tomando rumo virtual. Não poderia ser diferente com um dos sentimentos mais puros concedido ao ser humano desde a gênese do mundo (Filosofei).
  Falo do amor... pessoas solitárias estão tentando encontrar sua outra "metade" através de sites de relacionamento. Há alguns anos atrás a moda era o Orkut, mas agora avançamos para o Twitter.
     Mesmo nos dando o limite de 140 caracteres o twitter tem atuado como se fosse "Eros".
    Esse avanço muito me preocupa pois aí também pode vir uma maior banalização do sentimento, (já um pouco desacreditado por alguns) mas, em tudo no mundo existem dois lados.
     Algumas histórias vem dando certo, mesmo sendo raras essas situações.
     Mas vamos pensar no lado positivo disso: pessoas que não tem nada em comum podem se encontrar e a partir daí se tornarem amigos, namorados e quem sabe até marido e mulher, afinal de contas, bem sabemos que quando se tem de acontecer acontece mesmo e não há o que impeça.
     Eu ainda não encontrei nenhum pretendente on line, mas encontrei boas amizades, pessoas realmente especiais. 
       Começa tudo no Twitter, depois se aprofunda no Msn e daí começam os primeiros encontros, primeiros jantares e assim por diante...( não quero entrar em detalhes profundos, se é que me entendem).
      Concluindo: através do Twitter pessoas de lugares totalmente opostos se conhecem e depois só Deus pra dizer onde esse relacionamento vai dar.
      Eu ainda não tive essa experiência, mas ... se vier a acontecer... (risos).
      Convenhamos: a internet, usada por pessoas verdadeiras, (e não fakes) pode sim ser uma boa ferramenta em solução de casos de carência afetiva.

    Espero que tenham gostado.

Um comentário:

  1. Amanda, como sempre suas palavras bem colocadas e unidas a sua criatividade, formam um belo e genial texto. Creio que o sentimento (verdadeiro ou falso) procura caminhos, como a água baila em córregos, para chegar onde precisa. E as vezes 140 caracteres são o suficiente para o início de um longo trajeto. Adorei seu texto.

    ResponderExcluir