quinta-feira, 24 de março de 2011

PARA ALGUÉM QUE MUITO AMO

E se meu olhar for de tristeza
E se dos meus lábios não sair
Mais que melancolia
Saberás que em mim só existe fraqueza
E que mais uma vez caí.

E se uma lágrima rolar
Pelos caminhos fundos
Do meu rosto
Saberás que para mim não haverá
Aquele amor profundo
Em que um dia ocupaste um posto

E se eu calar
Se eu chorar
Se eu cair
E não puder me levantar

Saberás que de ti precisei
E tu não estavas aqui.

***

Nada tenho com tuas chagas
Nada tenho com o teu passado
Deveria ser eu para ti
Novo recomeço
Se não o sou
Não depende isso de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário