domingo, 3 de abril de 2011

OLHOS VERDES QUE ME ENCANTAM - Republicação

Retirei este poema do Blog. Agora decidi republicá-lo, pois não devo nada a ninguém... a vida é minha, os poemas são meus, os sentimentos? esses é que são meus mesmo... Pensaram errado desse poema, pois bem, agora vou esclarecer ele em sua gênese:

"Olhos verdes que me encantam" foi escrito quando eu tinha 17 anos (Dois anos atrás) durante uma festa de casamento. O menino dos olhos verdes se chama Geilson, mora em Sapé (onde eu o conheci) e depois dessa tal festa de casamento nunca mais o vi. Pois bem, o poema não é para quem pensavam que fosse, é para outro que por uma noite roubou-me a razão de viver.

Já não quero mais parar,
Não quero mais fechar o coração
Agora sei que já não estou tão sã...
Fraca está a minha alma,
Sabendo só que a vida é linda e curta demais
E que essa paixão existe e insiste em querer viver.

Esses teus olhos verdes
São a cor que faltava nos meus
E são estes olhos teus
Que me fazem desejar-te mais e mais

Quem dera esses nossos olhos
Nunca tivessem se encontrado...

Ah, meu amado...Como queria não ser mais eu
Para poder te amar sem pudor algum
E ao menos hoje à noite
Ter a chance de aconchegar-me em teu calor
Que Deus me perdoe por quer-te
Tanto assim...

Um comentário: