sábado, 3 de setembro de 2011

Em memória de uma parte de mim

Deixo escorrer a água que guardava dentro das minhas barragens interiores.
As mágoas, as decepções; nada mais me incomoda como antes.
É chorando que me liberto dos cativeiros nos quais eu mesma me tranquei.
Não quero ninguém por perto. Só eu posso chorar minha dor.
Sempre brinquei no jogo do "eu sozinha". 
Eu não ouço mais o barulho das tempestades que os outros fazem. Eu NÃO os ouço mais!
Se a coragem para escrever essas palavras tímidas encontrei no fundo de um copo; o que será que vou achar no fundo da garrafa?
Apesar dos pesares, nunca tive a intenção de desistir... Mesmo olhando para o sangue que escorreu de mim sem minha intenção.
De que adianta você dar a mão hoje se amanhã, com essa mesma mão, você vai me apunhalar pelas costas?
Vivi no meio de lobos. Mato cobras todos os dias. É difícil, mas eu nunca deixei de enfrentar os dissabores da vida.
Parece fácil para quem está do lado de fora e me vê sorrindo, bebendo, curtindo com os meus verdadeiros amigos, mas, só eu sei a angústia de perder o que não chegou a viver de verdade, mas que era meu, porque estava dentro de mim.


Moleca, indo para escola. Calça larga, All Star cano longo de cadarços pink. Cabelo vermelho, maquiagem pesada. Legião Urbana, Cassia Eller... Tenho saudades daquilo que eu era. E hoje eu percebo que, num lugar escondido dentro da minha alma ainda sou aquela menina.
E quando lembro de todos os sorrisos antigos, da cor que o céu tinha, os meus dias vão se tornando maravilhosos de novo.
Tanta gente diz tanta coisa... Não importa! Eu não sou perfeita, nenhum de nós é perfeito! Ninguém vai entender a atitude que eu tomei... Ninguém. 
Eu me sinto envergonhada, mas não me arrependo, nem mesmo quando fica difícil de respirar.
Só eu sei o que eu perdi, e sou eu que tenho que conviver com isso todas as noites, antes de dormir. Por favor, não me diga o que fazer, não me julgue, não me faça ficar deprimida por ouvir as suas palavras.
Um pedaço de mim foi embora e nunca mais voltará. E é esse fantasma que assombra meus dias.
Por favor, não me conduzam a um sofrimento maior.








Bonita - Christina Aguilera


Todo dia é tão maravilhoso
E de repente, fica difícil de se respirar
De vez em quando, eu me sinto insegura
Com toda a dor, eu me sinto envergonhada

Eu sou bonita não importa o que eles digam
Palavras não vão me fazer cair
Eu sou bonita em todos os sentidos
Sim, palavras não vão me fazer cair
Então não me faça cair hoje

Para todos os seus amigos, você é delirante
Tão consumida pelo seu destino
Tentando arduamente cobrir o vazio
Os pedaços se foram, deixaram o quebra-cabeça sem fazer
É assim que tem que ser ?

Você é bonita não importa o que eles dizem
Palavras não vão te fazer cair
Você é bonita em todos os sentidos
Sim, palavras não vão te fazer cair
Então não me faça cair hoje

Não importa o que fazemos
(não importa o que fazemos)
Não importa o que dizemos
(não importa o que dizemos)
Nós somos a música dentro da melodia
Cheia de erros bonitos
E para onde nós formos
(e para onde nós formos)
O sol sempre brilhará
(sol sempre brilhará)
Mas amanhã a gente poderá acordar
No outro lado

Porque nós somos bonitos não importa o que eles disserem
Sim, palavras não vão nos fazer cair
Nós somos bonitos em todos os sentidos
Sim, palavras não vão nos fazer cair
Então, não me faça cair hoje

Não me faça cair hoje
Não me faça cair hoje

Um comentário:

  1. gostei da sinceridade, e eu assim como algumas pessoas - pelo menos creio eu rsrsrs - entendo tudo isso, e te digo, tudo passa... tudo na vida é reciclável... vc ainda vai rir mto do q vc escreveu mas por enquanto todo mundo tem uma fase assim e é sempre bom extravasar...

    ResponderExcluir