terça-feira, 20 de setembro de 2011

Tem dias que...

Tem dias que eu realmente não estou pra ninguém, nem pra mim mesma. O difícil é fazer as pessoas entenderem isso. Se bem que eu não quero que ninguém entenda esse meu tipo de comportamento, mas seria bom que percebessem essas coisas antes de levar um chute meu...
Passo semanas sem dormir direito ( ou literalmente sem dormir), resolvo problema dos outros, estudo noites e dias inteiros... Isso cansa! Tem horas que eu penso que vou ter um curto-circuito.
Hoje mesmo... Tô sem paciência pra muito nhe-nhe-nhem... Ou vai direto ao assunto ou não vai! Estou intolerante a indecisão alheia.
O zunido (eu acho que é isso mesmo) de uma muriçoca me deixa enlouquecida. Até meus pensamento me incomodam.
Eu não sei mais o que é praia, cinema ou qualquer outro tipo de lazer.
Será que dá pra alguém me dar uma folguinha? Eu acho que mereço...
Chamem de TPM ou do que quiserem, mas hoje, por favor, me deixem no meu cantinho, quietinha... prometo que não vou incomodar ninguém, agora se vier me encher o saco certamente vai ouvir em alto e bom som a expressão "Vá se Lascar".
Tem dias que eu estou assim... Insuportável. Mas se souber, aliás, se me conhecer você vai conversar comigo numa boa, tranquilo...
Aí me perguntaram: "Qual o teu problema hoje?"
Sabe qual o meu problema? Dormi antes de ontem (dormi não.. cochilei), Pessoas superficiais e sem assunto encerram suas vidas a olhar e criticar a minha, tô com uma enxaqueca terrível que só passa se eu tomar veneno (nenhum outro remédio do mundo cura), Tô cansada, com sono e com fome... E agora vou terminar este post pra ver se dá tempo de comer antes de ir pra Universidade... Tchau pessoas! Até o próximo Post (se eu não morrer de exaustão até  lá).

2 comentários: