terça-feira, 11 de outubro de 2011



...Mas eu sinto
Que eu tô viva
A cada banho de chuva
Que chega molhando
Meu corpo...
A minha alma
Nem me lembro mais
Em que esquina se perdeu
Ou em que mundo se enfiou...
Mas, já faz algum tempo
Já faz algum tempo
Já faz algum tempo
Faz algum tempo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário