sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sobre o caso de Júlio Bam Bam Bam: Mediocridade coletiva.

A palavra para o caso é mediocridade. A questão é saber quem é mais medíocre: O próprio Júlio Bam Bam Bam ou as pessoas que mandam ameaças de morte e tweets do tipo "aparece aqui na Paraíba pra tu se fuder escroto", "Vem aqui que eu te dou uma pexeirada no bucho seu fresco" "Vai tomar no cu pilantra", "Júlio Bam Bam Bam vai ter que vender a mãe pra pagar o processo" etc...
Eu, na minha imensa curiosidade e vontade de formar uma opinião que realmente me satisfaça, fui investigar a vida do Júlio. Sabe o que eu acho que ele queria? Fama. E nós, paraibanos, demos o que ele desejava: o centro das atenções.
Primeira coisa: Pelo Nick do Twitter já se tem uma ideia da personalidade do indivíduo. 
Segunda coisa: Os paraibanos que o xingam e ameaçam estão fazendo alguma coisa diferente da atitude ridícula dele?
Terceira coisa: Que mané amorzinho à Paraíba foi esse que apareceu de uma hora pra outra?
Avá gente! Custei acreditar nessas coisas. Muitos paraibanos não valorizam o estado! Aí quando vem um cara de fora que escracha com o estado o povo fica com sentimentalismo barato no Twitter. Alguém fez o favor de descobri o número do telefone dele e ficou divulgando o tempo inteiro no Twitter pra que as pessoas ficassem fazendo um papel ridículo ligando pra cara e ameaçando e esculhambando.
Quantos de nós temos preconceito com o povo do sul? Já vi muito paraibano dizendo que todo carioca é ladrão, que todo paulista do interior tem sotaque ridículo, que Recife é fedorenta, que cearense tem nariz grande, que os argentinos são todos filhos da puta, que todo amazonense é índio e por aí vai.
Tenho amigos no Rio de Janeiro e nenhum deles é bandido. Conheço pessoas do interior de São Paulo e não acho o sotaque deles nem um pouco ridículo (acho até bonitinho). Recife não é uma cidade que é toda mal cheirosa, nem todo cearense tem narigão. Conheci um argentino em Campina Grande e não achei que ele era um filho da puta, aliás, nem sei o que significa filho da puta. Nem todo amazonense é índio e mora numa tribo.
E o preconceito contra times de futebol? Dizem que os corintianos são bandidos, analfabetos e moram nas favelas.  Também dizem que os são paulinos são viados. Não sei o que significa viado e nunca vi um na vida. Conheço um Corintiano que é Professor Universitário Doutor em Filosofia.
Engraçado foi ver que pessoas que postam mensagens sobre perdão cristão mandando o Júlio ir pra puta que pariu, pro inferno, se foder, dizendo que queria matá-lo etc. Sabe no que isso tudo deu? Em fermento para as ideias do Júlio.
Essa esculhambação coletiva por parte dos paraibanos alimenta ainda mais as críticas do Júlio.
Tá tudo errado gente! Sabe o que deveríamos fazer? Mostrar que os paraibanos não são os paraíbas que o Júlio fala. deveríamos mostrar que somos gente inteligente e que nos orgulhamos do estado.
Algum insulto direcionado ao Júlio por acaso mudou a ideia dele sobre o nosso estado? Não gente! Tudo porque os paraibanos estão se mostrando pequenos e iguais no que concerne a capacidade mental dele.
No dia em que o caso do Júlio tomou conta das redes sociais e de blogs de notícias, os jornais e telejornais que prestam anunciavam o aumento de 17% no imposto sobre compras na internet. Ninguém comentou sobre isso. Ninguém criou uma Tag no Twitter protestando contra isso.
E o pior de tudo é que hoje, dias depois, continuam ameaçando o cara.
Faço uma comparação: No vídeo, o Júlio diz que só encontrou viado na praia. No twitter alguns paraibanos  falam de preconceito e homofobia, só que , dois tweets na frente chamam o Júlio de Viado. Homofobia em dobro né não?
Gente, pelo bom senso e inteligência que eu sei que vocês tem, deixem esse cara pra lá, não adianta dar audiência pra ele. Não é pq ele disse que a Paraíba é uma bosta que ninguém vai querer mais vir aqui, que todas as pessoas do mundo vão achar que na Paraíba só tem gente burra, homossexuais e mulheres feias. O  Vídeo é a opinião dele, não a da Galáxia inteira, então, pra que se preocupar?
Vamos combinar uma coisa? Vamos começar a pensar em quem vamos eleger prefeito da capital ano que vem? Vamos cobrar dos políticos mais investimentos na área de turismo pra Paraíba?

Será que os paraibanos só tem orgulho da Paraíba quando alguém a insulta?


Nota: Gostei muito do vídeo do JeffWinnerTV  : Para ver o vídeo clica aqui =)

2 comentários:

  1. Muito legal. Transcreve perfeitamente a minha opinião também. Muitíssimo digno e bem escrito.
    Adorei o blog, acabei de descobrir no twitter.
    Sou paraibana do sertão do Piancó.
    Abraços e desejos de boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez obrigada Maya! Acredito que alguns de nós, paraibanos de bom senso tem essa mesma opinião. Volte sempre e recomende para os conhecidos!
    Bjus

    ResponderExcluir